FeNaVerdade.com

Não consigo contar quantas vezes ouvi na igreja ou de crentes ativos em denominações diversas a frase “O inimigo está furioso irmão! Vamos orar…”

Primeiramente não me recordo de ler esta frase em nenhum lugar da Bíblia, ou de algum relato bíblico em que algum convertido se queixa disso. Não vejo por exemplo em todo o relato bíblico sobre Jó, ele se queixando dessa questão. Ou mesmo o apóstolo Paulo que de tanto sofrer(2 Co 11:23-31) com açoites, naufrágios, prisões, perseguições, fome, sede, frio, em nenhum de seus escritos há a referida frase.

Em segundo lugar, entendo que o inimigo estará #chateado com você NÃO porque você prega, canta, ensina, exorta, ora, varre a igreja ou etc. Não devemos fazer a obra de Deus sem esperar oposição, no entanto, apenas ser um cristão verdadeiro implicará em inimizade com o adversário número um de Cristo. Simplesmente pelo fato de você não servi-lo, mas por servir e dedicar sua vida a Jesus.

Até faz sentido que um cristão notório por sua integridade, liderança e serviço seja um alvo mais efetivo. Pois sua eventual queda ou desânimo afetará por consequência a vida de muitas outras pessoas. E não tenho por objetivo através desse texto incentivar com que o Diabo seja subestimado pois ele não deve ser, mas também não deve ser superestimado. Pois Deus é soberano sobre tudo e todos!(Dt 10:17 / Sl 135:5 / Rm 9:5)

Na verdade, a Bíblia nos informa claramente que todo aquele que deseja viver piedosamente em Cristo Jesus será perseguido(2 Tm 3:12). Portanto não se trata do que você faz eventualmente, mas de como você vive. Tenha a certeza de que o viver para Cristo resulta em lutas e perseguições. Mas nenhum de nós gosta de sofrer. Certo? Por conta disso muitos pregadores omitem esses termos de suas mensagens e pregam o oposto, na verdade: “Pare de sofrer!”

Na verdade, o próprio Jesus nos indicou que não seria fácil. Cristo disse(Jo 16:33) para que tenhamos paz Nele, mas que neste mundo teremos aflições, no entanto devemos ter bom ânimo pois Ele o venceu! Em Cristo, nós encontramos paz apesar das circunstâncias, uma paz que excede entendimento. Podemos todas as coisas Naquele que nos fortalece(Fl 4:4-13), inclusive sofrer!

O apóstolo Paulo nos diz que aprendeu a viver contente em qualquer circunstancia e que além disso considera um privilégio não apenas crer em Cristo, mas também sofrer por Ele(Fl 1:27-30). Na mesma linha de pensamento o apóstolo Pedro nos exorta a nos alegrar à medida que participamos dos sofrimentos de Cristo e que se sofremos por sermos cristãos, devemos louvar a Deus por sermos chamados por esse nome(1 Pe 4:13,16). Esteja certo de que Deus é a única autoridade na vida do cristão, tanto para os eventos que nos dão prazer quanto para os que nos causam sofrimentos. Assim como o apóstolo Paulo escreveu aos Romanos, podemos crer que todas as coisas cooperam para o nosso bem(Rm 8:28).

Como conclusão, deixo o texto abaixo da primeira carta de Pedro na tradução NVT que dispensa explicações:

Amados, não se surpreendam com as provações de fogo ardente pelas quais estão passando, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo.

Pelo contrário, alegrem-se muito, pois essas provações os tornam participantes dos sofrimentos de Cristo, a fim de que tenham a maravilhosa alegria de ver sua glória quando ela for revelada. Se vocês forem insultados por causa do nome de Cristo, abençoados serão, pois o glorioso Espírito de Deus repousa sobre vocês.

Se sofrerem, porém, que não seja por matar, roubar, causar confusão ou intrometer-se em assuntos alheios.

Mas, se sofrerem por ser cristãos, não se envergonhem; louvem a Deus por serem chamados por esse nome!

Portanto, se vocês sofrem porque cumprem a vontade de Deus, continuem a fazer o que é certo e confiem sua vida àquele que os criou, pois ele é fiel.

1 Pedro 4:12-16;19 NVT

Um comentário até o momento.

  1. Parabéns pelo texto. Embasado na palavra de Deus. Que o nosso Senhor Jesus continue te abençoando.

    Response from Cristianne Furtado